Cemitério Oculto

48

Cerca de 650 esqueletos não identificados foram achados em Joanesburgo, África do Sul. Os guardas de segurança de uma mina encontraram os restos humanos quando preparavam uma última extração de ouro, em 2010. Nenhum cadáver havia sido enterrado em caixão e não existem registros de que eles eram de um cemitério. Por volta da virada do século XX, a população masculina de idade entre 18 e 25 anos era enterrada em couro, cobertores ou telas. Por algum motivo, o cemitério desapareceu dos registros e sumiu da memória quando se tornou um depósito de minas. Como não havia lápides, a melhor esperança dos arqueólogos é restaurar os detalhes para saber pelo menos de onde vieram. Eles provavelmente eram mineiros migrantes; a maioria negra e chinesa e buscavam fins lucrativos na indústria mineira da época.