O Corpo Perdido

19

Thomas Curry teve uma curta história de vida. Quando ele tinha sete anos, seu pai atirou em si mesmo e em sua mãe. Então, no ano de 1925, Curry morreu de forma misteriosa em uma escola onde estava frequentando. O legista responsável pela autópsia listou um crânio esmagado por meios desconhecidos como um dos motivos da morte. A escola afirmou que ele havia sido atingido por um trem.

O local fechou suas portas em 2011, após centenas de ex-alunos crescidos que frequentaram o lugar protestar em frente ao prédio. Ele contaram histórias de tortura, assassinatos e desaparecimento de alguns amigos. Corry estava no local fazia um mês, mas se tornou um dos 96 alunos que morreram no local. Em 2013, após investigações, os investigadores encontraram 55 crianças enterradas em um cemitério improvisado no terreno.

Alguns sinais de violência, como ferimentos com balas ou atropelamento foram encontrados nos restos. Eles então foram a Filadélfia para analisar os restos de Curry. Porém, quando abriram o caixão, descobriram que Thomas não estava lá. A escola mandou uma caixa cheia de madeiras para sua família enterrar. O corpo do jovem segue desaparecido.